Na crise do coronavírus, não pense nos investimentos, pense no orçamento

Escola de Negócios

Calculadora para planejar o orçamento

Já escrevemos aqui no Blog da HB que este não é um momento para tomar decisões de investimento. O melhor em meio às incertezas da crise provocada pela pandemia do coronavírus é não olhar para o saldo do seu dinheiro investido. O que fazer, então, do ponto de vista financeiro? “Em meio a esta verdadeira devastação causada pelo coronavírus ou Covid-19, é importante não perder o prumo. Refletir sobre suas finanças e se preparar para dias difíceis”, escreve Hudson Bessa, sócio da HB Escola de Negócios, em artigo no Valor Investe. Ou seja, em vez de olhar para os investimentos, olhe para o orçamento.

A preocupação agora não deve ser como investir o dinheiro, mas, sim, como gastá-lo. Isto é, fazer um bom orçamento familiar ajudará a atravessar a tormenta. Muitas famílias vão enfrentar queda abrupta de renda, seja por demissão, redução salarial ou de lucro em negócios. No caso de quem complementava a renda mensal com rendimentos de aplicações financeiras, também haverá corte de ganhos. “Nunca foi tão importante zelar pelos bons princípios de educação financeira: planejamento orçamentário, metas, disciplina e atenção”, afirma Hudson Bessa.

Rever o orçamento familiar não é tarefa fácil, mas aproveitar o tempo de todos em casa é uma boa oportunidade. Além de cortar despesas, também é um bom momento para negociar o preço de alguns serviços. Em meio à crise, ninguém quer perder o cliente.

Outra dica é não cair na tentação de passar seu tempo em casa navegando em sites para comprar online. Faça sempre a pergunta: “Quero ou preciso?”.

“E vamos sobrevivendo. É uma ventania, forte, mas vai passar”, finaliza Hudson Bessa.

Deixe uma resposta

× Contato via Whatsapp