O petróleo é nosso

Escola de Negócios

Coluna do Valor Investe

O fantasma do “O petróleo é nosso” volta, vez por outra, a nos assombrar desde que a Petrobrás foi criada. Em diferentes governos, de direita ou esquerda, a estatal é utilizada para instrumentalizar o populismo econômico.

Em dois anos já assistimos a queda do Presidente do BNDES, do secretário de privatização, do secretário de desburocratização, a quase demissão do Presidente do Brasil e agora ao cartão vermelho na Petrobrás.

A sucessão de fatos não deixa dúvidas da falta de convicção nas teses liberais, e abala a confiança do mercado de que este Governo vá, de fato, levar a adiante o conjunto de reformas liberais estruturantes que poderiam destravar a economia brasileira rumo a modernização e ao crescimento sustentável.
Fica a pergunta. Sem vacina, sem combate a corrupção e sem reformas, de onde virá a retomada da economia brasileira?
Artigo do Valor Investe desta semana.

Deixe uma resposta

× Contato via Whatsapp