Como pessoas tão sofisticadas embarcaram na fraude da Theranos?

Escola de Negócios

Coluna do Valor Investe

No artigo do Valor Investe desta semana escrevo sobre o que leva investidores altamente sofisticados a cair numa fraude como a Theranos. Consciência limitada é um viés comportamental que atinge a todos.

Segue um fragmento.

Uma das histórias sobre investimentos mais interessantes dos últimos tempos é a da Theranos, laboratório de análises clínicas que sucumbiu em meio a um pesado escândalo envolvendo fraudes.

Elizabeth Holmes era uma estrela no Vale do Silício, considerada por alguns como uma espécie de Steve Jobs, lendário fundador da Apple, pela sua criatividade e determinação. Em 2014 estava no auge com uma empresa avaliada em U$ 9 bilhões, tendo captado quase U$ 1 bilhão de recursos em rodadas de investimento que envolveram empresários experientes e de peso como Ruppert Murdoch, da News Corp (Fox), George Schultz, ex-secretário de Tesouro dos EUA, e a família Walton, dona do Walmart.

Considerando o perfil altamente profissional destes investidores, a pergunta que me faço é: como eles puderam cair em uma história tão frágil?

Ao que parece os investidores apostaram em uma narrativa, um arquétipo de herói ou mago, que com uma ideia genial vence todos os desafios, conquista a vitória, revoluciona o mundo e, com certeza, gera uma fortuna em lucros.

Estes investidores são profissionais, se assemelham ao que na teoria clássica seria o Homo economicus. Contudo, apesar de sua formação, eles não estavam imunes ao viés da consciência limitada, em que ignoramos informações importantes, que não se encaixam em nossos desejos, e sobrevalorizamos outras pouco relevantes, mas que nos conduziram a uma falsa lógica que justifica a decisão. Tudo isto para criar uma sensação de coerência e evitar o desconforto cognitivo.

A educação financeira é importante, ela é necessária, mas não é suficiente.

É importante que as pessoas, além de estudar os princípios de finanças pessoais, façam um exercício de autoconhecimento, entendam e percebam seus vieses e se exercitem para adequar seu comportamento.

Deixe uma resposta

× Contato via Whatsapp